Principais erros dos carreteiros: descubra quais são eles e aprenda como evitá-los

Nota do autor

"Erros acontecem. Claro, porém a partir de agora ao saber sobre esses erros e como evitá-los será muito mais simples conseguir se firmar no mercado de carretos".

Principais erros dos carretos

Moçada!

Bora falar de mais um assunto relacionado a esse mercado tão desafiador que é o mercado de carretos?

Se você me perguntar quais são os principais erros dos carreteiros. 

Todos estão na ponta da minha língua.

Erros todos cometemos, porém após compartilhar essa lista com você será sua opção continuar errando ou não.

Detalhe, essa lista não é somente para carreteiros iniciantes. Muitos carreteiros “experientes” ainda cometem esses erros.

Resultado. Vivem em uma mesmice profissional e consequentemente uma mesmice financeira. 

É o que digo, questionar se carreto dá dinheiro ou não é normal para iniciantes. Agora se for entrar nesse mercado e não fazer acontecer é melhor ser CLT mesmo.

Por isso, fique atento às dicas e principalmente as implemente. 

Não guardar dinheiro

Esse é um problema extremamente comum não somente dos carreteiros, mas também dos brasileiros em si. Por isso, sempre digo que finanças para carreteiros não é diferente do que qualquer forma de organização financeira.

O segredo está muito mais em pôr em prática o hábito de se organizar financeiramente. Do que ficar aprendendo coisas complicadas sobre finanças.

Primeiro passo, é gastar menos do que recebe e poupar dinheiro para problemas futuros. Simples assim, defina um salário mensal, ou seja, mesmo que seu faturamento seja maior que seu salário estipulado, resista a tentação e guarde.

Não tirar férias

Talvez esse não seja necessariamente um erro, talvez uma necessidade. Se você não está tendo carretos constantemente não é possível tirar férias, é claro. Porém se você está tendo carretos constantes e simplesmente deixa a ambição tomar conta.

“Uma hora a conta chega”.

Não se limite somente a tirar férias, mas também a sair com os filhos, dar uma saidinha com a dona Maria e tudo mais.

A palavra aqui é equilíbrio. Apesar da profissão de carreteiro ser autônoma, é importante tirar momentos de descanso e lazer. Isso está totalmente relacionado com a saúde do carreteiro. 

Por se você está em uma fase melhor no mercado de carretos. Planeje datas específicas para tirar férias e até mesmo tirar uma folga para descansar. 

Mas Nathan, eu vou perder meus clientes, eles vão procurar outro carreteiro.

Moçada, por isso que existe o agenciamento de carretos. É um assunto mais profundo e está no terceiro estágio de um carreteiro. Primeiro é o início, segundo é os carretos a constância de carretos, terceiro é agenciar a demanda de excedente de carreto. 

No meu caso, estou nesse estágio. 

Onde já fui carreteiro e já passei dessa fase para hoje em dia está apenas agenciando. 

Não ter uma lista confiável de ajudantes

Sem dúvidas, conseguir bons ajudantes de carreto é um dos maiores desafios deste mercado informal, justamente por não serem pagos como CLT e sim quando o carreto é contratado.

Não deixar bons ajudantes “engatilhados” é um grande erro, pois já tive conhecidos carreteiros que dispensaram serviço justamente por terem dificuldade de encontrar ajudantes.

Os carreteiros de maior performance tem uma lista de espera de ajudantes. Se você ainda não tem essa lista é bastante preocupante, pois nada irá adiantar ter uma fila de clientes querendo contratar seus serviços se você não pode atendê-los por falta de mão de obra.

Ficar sem rodar por algum motivo como: manutenção, férias, problemas de saúde etc. É completamente normal, porém não é normal não rodar por falta de ajudantes. 

Alguns carreteiros até dizem que é um mal necessário, mas só acho que é um mal necessário se você não sabe as técnicas para ter os melhores ajudantes a sua disposição.

Não confirmar um dia antes

Esse erro é clássico. 

Muitos podem dizer, mas nunca aconteceu comigo de algum cliente furar. 

Não aconteceu ainda. Pode ter certeza que mais cedo ou mais tarde algum cliente irá furar com você e não avisará ou irá esquecer até mesmo que marcou o carreto para aquele dia. 

Para evitar esse problema, ligue ou mande uma mensagem no WhatsApp do cliente. Pergunte se está confirmado o carreto para o dia seguinte. Aconselho que mande faça o contato na manhã do dia anterior, pois se caso o cliente não confirmar você está em tempo hábil para aceitar outro cliente no lugar.

Para não esquecer de confirmar, marque em sua agenda de carretos. Assim, você irá evitar o transtorno de sair de casa e ter que “voltar como uma mão na frente e outra atrás”.

Detalhe, ainda ter que muito provavelmente dar no mínimo “um trocado” para os ajudantes.

Não informar forma de pagamento antes

Sabemos que hoje o mundo está extremamente digital. Digo isso porque muitos clientes preferem pagar no cartão de débito ou se estiverem “apertados” financeiramente no cartão de crédito.

Sabendo disso, é melhor já garantir uma maquininha de cartão para carretos. Muitos carreteiros tomam calote porque o cliente pede a conta para depositar e manda um print falso do comprovante.

Outra coisa muito comum, é o carreteiro falar que o pagamento é à vista e o cliente na hora do pagamento simplesmente ignorar isso e querer pagar no cartão, ou seja, não basta somente avisar que o pagamento é à vista.

É necessário se blindar contra qualquer espertinho. Resumindo, via das dúvidas tenha uma maquininha de cartão no porta luvas para garantir que irá receber. 

Não conservar os clientes ao longo do tempo

Sem dúvidas, praticamente nenhum carreteiro do mercado conserva o cliente ao longo do tempo. É um dos mitos dos carretos acreditar que todos os clientes vão lembrar de você daqui 3 anos. 

Nathan, mas o que seria conservar o cliente ao longo do tempo?

Simples moçada, é garantir que ele não se esqueça de você, ou seja, sempre que precisar de um carreto ou receber um pedido de indicação. Seu nome estará “fresquinho” na mente dele.

De forma prática, em datas comemorativas como: natal, ano novo etc. Envie uma mensagem no WhatsApp, mostre que se importa com o bem estar do cliente. 

Se não fizer isso, quando o cliente precisar irá contratar o primeiro carreteiro que ele ver pela frente, principalmente o mais barato, é claro.

Considerações finais

E aí moçada, acha que faltou algum dos principais erros dos carreteiros nessa lista?

Juntamente com os principais erros dos carreteiros também é importante ficar atento as habilidades para ser carreteiro.

Deixe nos comentários, pois como sempre digo. Os conteúdos que escrevemos nunca estão selados, sempre podem ser atualizados, adicionando ou retirando algo.

Sem dúvidas, se você corrigir esses erros, sua jornada no mercado de carretos será completamente diferente daqui para frente. 

Ouvir e não implementar é algo que deve ser extirpado da sua vida. Você quer dar uma vida melhor para sua família?

Quer viajar todo ano?

Quer comer bem?

Se vestir bem?

Simples, execute o que está sendo dito com determinação e os resultados chegarão.